Motivação organizacional: O que é e como ela ajuda o seu negócio

Manter um negócio competitivo no mercado não é uma tarefa fácil, os empresários sabem do que eu falo. Boa parte do sucesso de um negócio está ligado a produtividade da equipe, por isso é tão importante entender o que é motivação organizacional.

Compartilhe

Motivação organizacional: O que é e como ela ajuda o seu negócio

A motivação é o estímulo que faz com que as pessoas tenham prazer em desempenhar um serviço. É ela também que mantém a animação de alguém no momento em que um serviço é finalizado e outro precisa ser iniciado. Trazer isso para o âmbito empresarial é a essência da motivação organizacional.

Foi nos últimos anos que essa ideia de motivação organizacional começou a ser inserida nas empresas com o objetivo de tornar a gestão de Recursos Humanos mais efetiva. Por isso, as empresas passaram a considerar mais o que o funcionário quer e pensa.

Isso trouxe o encorajamento e a vontade necessária para um colaborador entregar os trabalhos com mais qualidade e em um prazo de tempo menor. A falta de incentivo por parte da organização tende a causar descontentamento e afeta diretamente as metas do próprio negócio. É isso que um líder organizacional procura evitar.

Por isso, quem quer aumentar o foco e a ambição da equipe, precisa conhecer mais sobre o assunto. Mudar o ambiente e como as coisas são feitas não é uma tarefa fácil.

Mas fica tranquilo, estamos produzindo esse material justamente para te ajudar com essa transição. Leia o texto, conheça um pouco mais sobre a motivação organizacional e crie essa cultura dentro da sua empresa.

O que é motivação organizacional

Manter um negócio competitivo no mercado não é uma tarefa fácil, os empresários sabem do que eu falo. Boa parte do sucesso de um negócio está ligado a produtividade da equipe.

Dessa maneira, é fundamental que as organizações entendam que essa é uma via de mão dupla. Os colaboradores devem exercer um trabalho de qualidade, porém é serviço da empresa fornecer as condições adequadas.

A questão é que qualquer pessoa será mais criativa, proativa e autossuficiente desde que seja moldada deste jeito. Não adianta achar que um sujeito vai se tornar esse funcionário sem que nada seja feito para o motivar. Isso é motivação organizacional.

Como criar motivação organizacional dentro de uma empresa

Agora que você sabe o que é a motivação organizacional e como ela pode ser benéfica para a sua empresa, é importante entender como implantar essa ideia. Dessa forma, é preciso que os gestores comecem a prestar mais atenção nos elementos motivacionais. E quando eu digo isso, não pense em apenas recompensas salariais, a motivação vai muito além disso.

Por exemplo, conflitos tendem a desestimular os colaboradores. Uma discussão mal resolvida pode causar uma grande perda de produção. A forma como   essas situações são resolvidas, muitas vezes não é a ideal. Ou os funcionários são demitidos ou é feita uma conversa pouco produtiva e que não resolve nada.

Em um caso como esse seria importante desenvolver uma comunicação assertiva através de treinamentos comportamentais corporativos. Assim, os problemas são resolvidos em sua raiz e os funcionários podem voltar a produzir sem que fique rancor pelo que houve.

Além dos treinamentos, existem alguns comportamentos que podem melhorar a motivação da equipe. São eles:

  • Dividir serviços conforme aptidão;
  • Realizar reuniões de feedback regularmente;
  • Investir em conhecimento;
  • Incentivar a proatividade para criação;
  • Desenvolver desafios que estimulem a melhora;
  • Estabelecer metas realistas que tirem o melhor do funcionário.

Quer saber se o seu colaborador está motivado ou não? Saiba como descobrir!

É importante que a empresa em si sempre esteja atenta aos funcionários. Por isso, as reuniões de feedback são tão importantes, sempre lembrando que é preciso dar espaço para o funcionário expresse suas alegrias e frustrações.

Nem todas as situações transmitem um descontentamento evidente porque nem sempre a pessoa demonstra insatisfação. Mesmo assim, é preciso que sempre haja alguém que cuide dessas situações e procure saber como o funcionário está se sentindo em relação a empresa.

Os sinais mais evidentes de que existe uma insatisfação são: baixa produtividade, reclamações frequentes e má vontade para a realização das tarefas. Em qualquer uma das situações o diagnóstico precisa ser feito para que haja uma conversa franca com o colaborador para que tanto ele, quanto a empresa possam melhorar.

Além das reuniões de feedback, é essencial propor pesquisas constantes que visam medir o índice de satisfação com a organização. Questionários são muito válidos para a realização dessa tarefa. Sem precisar mencionar o nome, o funcionário pode expressar o que ele sente pela empresa sem perigo de “retaliação”.

Conheça os desafios para implantar a motivação organizacional

Toda empresa apresenta diversas personalidades diferentes em seus funcionários. Ter que aprender a lidar com cada uma e saber exatamente o que fazer em uma crise é um dos principais desafios.

É complicado para uma empresa ter que pensar apenas em benefícios para conseguir alegrar os colaboradores. Essas estratégias precisam ser bem elaboradas, de uma maneira que a organização também saia ganhando.

Por isso, é preciso ampliar o planejamento e envolver outras coisas além de remuneração. Dentro disso, até mesmo o sentimento de valorização deve ser colocado na equação.

Isso mostra como qualquer empresa, dentro das suas possibilidades, pode desenvolver um melhor ambiente organizacional. O mais importante agora não é pensar em dinheiro e como melhorar as coisas sem ele, mas aceitar que é preciso incluir as vontades do funcionário para ter um negócio produtivo.

Assim, a instituição será visada e terá a possibilidade de contratar os melhores apenas por ter uma boa fama com os empregados.

3 dicas para motivar os colaboradores

Agora que já é possível compreender um pouco mais sobre a motivação organizacional, você precisa saber exatamente como motivar os funcionários. Essa é uma das tarefas mais importantes de um líder.

Trabalhar com processos, números, clientes, resultados é menos complicado do que ter que motivar a própria equipe. Além disso, como já dissemos, a motivação não está ligada apenas ao dinheiro.

Por isso, separamos três dicas para que você consiga motivar os funcionários da maneira certa. Confira:

1ª Dica: Conheça quem você quer motivar

As pessoas não são exatas como os números, por isso são muito mais difíceis de lidar. Dessa maneira, é importante que você conheça os funcionários, as suas dificuldades, necessidades e fraquezas. Cada individuo possui alguma coisa que o estimula, seja dinheiro, horários mais flexíveis ou a chance de ter mais conhecimento.

Conversar com cada colaborador fará com que você sinta qual é a necessidade dele e assim será mais fácil saber como criar uma motivação. Isso trará benefícios para os dois lados, além de melhorar consideravelmente o relacionamento.

2ª Dica: Construa um objetivo e torne ele comum

As pessoas precisam saber exatamente o porquê elas estão trabalhando. Ter metas bem estabelecidas ajuda os funcionários a definirem seus próprios objetivos para que consigam se adequar e realizar um trabalho melhor.

3ª Dica: Dê espaço para a sua equipe fazer o negócio progredir

Assim como foi exposto anteriormente, a sua equipe é fundamental para fazer o negócio progredir. O sucesso de uma empresa não existe sem um time competente. Por isso, é preciso fazer com que os funcionários evoluam, assim eles estarão capacitados para ajudar a organização.

E quando finalmente estiverem preparados, eles terão que ter espaço para expor as suas opiniões e ideias. E você, como gestor, precisa dar essa abertura para eles. Caso contrário, esse colaborador que aprendeu contigo, vai procurar outro lugar para alcançar a glória.

E aí, o que você vai fazer agora?

Pois é, no final das contas a última decisão é sempre de quem está no comando. E vai ficar a cargo dele implantar ou não estratégias que incentivem a motivação organizacional.

Montar uma equipe preparada, em sincronia e que faça a empresa evoluir não é uma tarefa fácil, mas até aí erguer um negócio e estabelecer ele no mercado também não é. Por isso, uma coisa que não pode faltar neste momento é vontade.

Vontade de estudar, aprender e evoluir para então trazer toda a empresa junto. Agora que você tem as ferramentas, só precisa colocá-las em prática!

Se precisar de ajuda com isso também, é só entrar em contato com a gente!